Você sabe quanto realmente custa seu escritório?

Todo empreendedor pensa, em algum momento da jornada, sobre abrir um escritório. Às vezes, o desejo surge logo no início do processo de planejamento; em outras, vem com o aumento do número de clientes e demandas. A ideia de ter um espaço próprio para a empresa crescer e se desenvolver certamente é muito atrativa e cria a sensação de profissionalização do negócio.

Se você está pensando nessa possibilidade, temos uma pergunta: você sabe quanto realmente custa montar e manter um escritório?  

Chegou a hora de colocar na balança todos os custos de um escritório próprio!

 Gastos iniciais

Montar um escritório do zero exige uma série de investimentos. Primeiro, pode ser necessário fazer algum tipo de reforma, como instalação de iluminação adequada e ar-condicionado. Depois, é preciso pensar no mobiliário, adquirindo mesas, cadeiras, gaveteiros, sofás etc.; aqui também entra a decoração, cujo papel é tornar o espaço agradável e aconchegante. Além disso, é necessário investir em equipamentos básicos como impressora, telefone e televisão. Caso o escritório possua copa e sala de reunião, esses ambientes também deverão ser mobiliados, decorados e equipados.  

 Gastos mensais

Manter um escritório significa arcar com uma série de despesas. Entre os custos mensais do escritório devem ser considerados aluguel, condomínio, IPTU, luz e água, internet, limpeza, manutenção, recepção, segurança e monitoramento. Lembre-se que para cuidar de tarefas como limpeza e manutenção será necessário contratar os profissionais e fornecer os materiais para essas operações. A lista de boletos é grande e a responsabilidade do gestor também, que precisará se preocupar com a administração do espaço e detalhes da rotina do escritório.  

 Uma solução econômica e inteligente

Depois de colocar todos esses custos na ponta do lápis, você deve ter percebido que um escritório próprio gera muitos custos e, dependendo do modelo e momento do negócio, não é a melhor alternativa. Nesses casos, os escritórios compartilhados são a opção perfeita!  Aqui, os investimentos iniciais não existem porque o espaço já está completamente mobiliado, decorado e equipado. Postos de trabalho, salas de reunião, copa e até área de descompressão estão disponíveis para utilização, oferecendo conforto e flexibilidade. Você também tem um único boleto para as despesas mensais e total tranquilidade para tocar o negócio, uma vez que a gestão do espaço fica a cargo do coworking.