Folha de São Paulo: Grandes empresas recorrem a escritório compartilhado.

Depois de entrar na moda por oferecerem espaços de trabalho descolados para startups e profissionais autônomos, os escritórios compartilhados ou flexíveis agora também abrigam profissionais de grandes empresas.

O movimento, na visão de responsáveis por espaço do tipo, reflete tanto a busca por redução de custo co imóveis e serviço na crise como a intenção dessas companhias de levar os funcionários para mais perto de um ambiente que favorece a inovação a partir da convivência entre pessoas com experiências variadas.

Fechar Menu